Azul completa 10 anos de operações com festa especial

NEGÓCIO

A Azul Linhas Aéreas completou no último sábado, 15 de dezembro, seu décimo aniversário comemorando números expressivos alcançados desde a sua fundação. Com a maior e mais abrangente malha aérea do país, a Azul atende o Brasil como ninguém, servindo mais do que o dobro de cidades em relação às demais empresas do setor. Ao todo, 112 destinos recebem aeronaves da companhia, sendo 102 no Brasil e 10 no exterior. Reconhecida por público e crítica como a melhor empresa aérea do país e uma das melhores do mundo, a Azul alcançou esse status graças aos seus mais de 12 mil Tripulantes, que têm como missão servir e fazer da experiência de quem voa com a empresa a melhor do mundo.

Com um modelo inovador, a Azul ingressou no mercado trazendo um alto nível de serviço e produto, que rapidamente conquistou os brasileiros. Por falar em brasilidade, a companhia estampa em sua logomarca o mapa do Brasil e deu início às suas operações com os E-jets da Embraer, aeronaves 100% brasileiras. Prova de seu rápido sucesso, a companhia foi a empresa que mais rapidamente no mundo alcançou a marca de um milhão de Clientes, voltando a bater esse recorde sucessivamente por sete vezes, a cada novo milhão de Clientes.

Suas operações, assim como seu mapa de rotas, são plurais. Com aviões que vão de 70 a 270 assentos, a companhia detém uma frota de mais de 120 aeronaves e que atende desde as pequenas e médias cidades até os grandes centros, conectando o Brasil e o mundo por meio de seus principais hubs. Um exemplo disso é o aeroporto de Campinas, que se tornou por meio dos voos da Azul o maior centro de conexões da América Latina em destinos domésticos diretos.

Com uma projeção otimista de futuro, a Azul quer trilhar um caminho com ainda mais sucesso em sua próxima década de operações. “Nenhuma outra empresa aérea fez tanto pelo Brasil como a Azul nos últimos 10 anos. Hoje, nossa empresa conta com 12 mil Tripulantes e confiamos muito no nosso time para continuarmos crescendo e ajudando o país a se desenvolver”, afirma John Rodgerson, presidente da Azul.

Até 2022, a empresa pretende levar a aviação comercial regular para mais 35 novas cidades brasileiras. “Somente no primeiro semestre do ano que vem, pretendemos abrir quatro novos destinos. Nossa frota também crescerá, sempre com foco em uma operação ainda mais eficiente em termos de custo e rentabilidade, além de mais tecnológica e confortável para nossos Clientes”, enfatiza Rodgerson.

Foto: Divulgação