Festilê realiza série de eventos focados na cultura negra

CULTURA

O verão 2019 do Ilê Aiyê contou com uma série de eventos para celebrar a cultura negra. Da Lavagem do Bonfim à Saída do Curuzu, baianos e turistas puderam ver e sentir o clima do Mais Belo dos Belos através das cores e som dos tambores. Nosso site reuniu alguns eventos do bloco que agitaram o verão:

Cortejo da Negritude

Na Lavagem do Bonfim, o Ilê Aiyê fez o tradicional Cortejo da Negritude, arrastando milhares de devotos da Conceição da Praia ao Bonfim com os tambores e o coro já conhecidos do público.

Ensaios

Tradicionais na Senzala do Barro Preto, os ensaios esquentaram o clima para o carnaval. No domingo, 27/01, a Band`Aiyê recebeu Viola de Doze, com participação especial de Beto Jamaica e Compadre Washington. No dia 24/02, o ensaio geral recebeu Jau e Maria Gadu, além de deixar afiado o repertório para o carnaval.

Esperando Iemanjá

Na Praça Tereza Batista, o Ilê Aiyê esperou Iemanjá com os cantores Jamelão Neto e Illy no dia 01/02. O grupo Catadinho de Samba abriu a noite, que foi um esquenta para a festa do Rio Vermelho.

Noite da Beleza Negra

A noite mais esperada para o Bloco Ilê Aiyê é a escolha da Deusa do Ébano, que elegeu Daniele Nobre para o reinado de 2019. O espetáculo teve as participações de Caetano Veloso, Gilberto Gil, Daniela Mercury e Lazzo Matumbi, e homenageou os 40 anos do concurso, os 45 anos do Ilê Aiyê e os 10 anos sem Mãe Hilda.

Saída do Curuzu

Com o Curuzu tomado de gente, o Perfil Azeviche subiu a ladeira ao som dos tambores e vozes, conduzindo os associados do bloco e uma multidão de fãs no sábado, 02/03, início oficial do carnaval do Ilê.

Bloco Erê

Já no domingo, 03/03, foi a vez da Banda Erê, ala mirim do Ilê Aiyê, desfilar nas ruas da Liberdade com a alegria típica das crianças, garantindo o carnaval dos pequenos.