Festival Conexão Musical se despede da Bahia e segue viagem pelo Brasil

DIVERSÃO

O Festival Conexão Musical chegou ao final de sua primeira turnê pelo estado da Bahia e já pega estrada novamente, levando na bagagem boas recordações das cidades por onde passou. Durante dois meses e meio, o caminhão da Skol, palco itinerante do evento mais descolado e democrático do Brasil, levou alegria em forma de música para 10 municípios baianos, fomentou a economia local e regional e ainda deu visibilidade às vozes pouco conhecidas pelo público.

Foram mais de mil quilômetros em dois meses e meio, quando começou no dia 8 de fevereiro, na cidade de Madre de Deus e findou no domingo passado (21), na cidade de Gandu.

“A ideia era conectar as pessoas em um evento democrático e inovador que levasse cultura e alegria através da música. Conseguimos! Fechamos com chave de ouro essa primeira turnê pela Bahia. Com certeza, o Festival Conexão Musical Bahia já deixa saudades, mas em breve teremos novidades”, pontua Fernanda Bezerra, Diretora da Maré Produções Culturais.

Para Pedro Beltrão, gerente regional de eventos da Skol – principal patrocinadora do Festival -, “o festival é sucesso consolidado e a prova disso é que muitas cidades estão pedindo uma etapa em turnês futuras. Esse tipo de programação reforça nossa essência de promoção da alegria e união de forma inclusiva, sem preconceitos, a cara da Skol, uma cerveja democrática, inovadora e inquieta.”

Durante o roteiro musical, o evento contou com uma programação de 40 shows de artistas locais e regionais de variados estilos musicais, além do DJ Conexão, atração oficial do festival, totalizando mais de 100 horas de música.

O Festival Conexão Musical Bahia é uma realização da Alquimia Comunicação, com produção da Maré Produções Culturais, e conta com patrocínio da Skol, via Ambev, e do Governo do Estado, por meio do programa Fazcultura, e das Secretarias da Fazenda e Cultura.

Foto: Divulgação