Honda vai até a floresta amazônica no 4º episódio da websérie em homenagem aos 110 anos da Imigração Japonesa

CULTURA

Um pedaço do Japão em plena floresta amazônica. Esse foi o mote que levou a Honda até a cidade de Tomé-Açu, no estado do Pará, para produzir o quarto episódio da websérie que homenageia os 110 anos da Imigração Japonesa no Brasil. O filme está disponível na página da Honda Brasil no Facebook.

A cidade paraense, que já foi a maior produtora mundial de pimenta-do-reino, recebeu diversos grupos de imigrantes japoneses em núcleos agrícolas, cerca de 20 anos após a chegada do navio Kasato Maru no porto de Santos em 1908. As famílias que ali se instalaram contribuíram para o desenvolvimento do local e cultivaram as tradições e costumes de sua terra natal.

Entre outras curiosidades, Tomé-Açu também abriga um museu que mantém viva a história dos primeiros imigrantes que chegaram na cidade, como Hajime Yamada, único representante vivo desse grupo. No vídeo, ele conta como foi chegar a uma área ainda com traços de floresta virgem, além de outros fatos curiosos como a origem da denominação diamante negro em referência ao cultivo da pimenta-do-reino.

Sobre a websérie

A Honda escolheu explorar cinco temáticas culturais que revelam a integração entre Brasil e Japão, ao longo dos 110 anos de convivência. No episódio de estreia da websérie (disponível aqui) a culinária foi o mote central, seguido pelos filmes que mostraram a arte da confecção da espada de samurai (disponível aqui) e a história e filosofia de duas artes marciais surgidas do Japão (disponível aqui).

 

 

Foto: Divulgação