Malê Debalê sedia terceira seletiva de modelos do Afro Fashion Day

CULTURA

Fundado em Itapuã, em 1979, o Bloco Malê Debalê completa este ano 40 anos de existência. Criado como um espaço de afirmação identitária para jovens negros, ninguém imaginava que o projeto fosse conquistar o mundo: México, Estados Unidos, e é claro, o continente africano, foram alguns dos lugares pelos quais o bloco já passou.

Com apresentações que enaltecem e empoderam a cultura negra e africana, o bloco foi nomeado em homenagem aos negros muçulmanos que, em 1835, realizaram a Revolta dos Malês na Bahia; acrescido a isso, a palavra “Debalê”, que representa positividade, atribuindo força poética ao bloco: o de lutar com glória e alegria.

Em 2019, como parte de sua celebração de quatro décadas, o Malê Debalê inicia uma nova incursão na conquista do empoderamento: a participação no Afro Fashion Day. Criado em 2015, a iniciativa do Jornal Correio busca todos os anos futuros nomes da moda negra, revelando-os para o mundo em um evento que promove a diversidade e a oportunidade para jovens negros.

Esse ano, o tema do evento é a importância e exuberância dos Blocos Afro. Para isso, o Correio está se aliando ao Malê para realizar a terceira seletiva de modelos, que acontece no dia 05/09, quinta-feira, a partir das 14h, na sede do Bloco – Alto do Abaeté, s/n – Nova Brasília de Itapuã.

Para participar, basta se inscrever previamente no link bit.ly/afdseletivas2019, ter entre 13 e 24 anos e morar em Salvador ou Região Metropolitana.