Natura e Tássia Reis lançam música sobre a relação mais longa de todas: a com o próprio corpo

ENTRETENIMENTO

“Eu preciso dizer, será que pode me perdoar?”. O refrão da música do próximo álbum de Tássia Reis, patrocinado por Natura Musical, poderia se referir a qualquer tipo de relação humana, seja amorosa, fraternal ou paternal. Mas, por que não sobre o relacionamento mais longo mantido durante a vida e que, muitas vezes, não é bem cuidado? Foi pensando na ausência de músicas sobre a relação das mulheres com o próprio corpo, tema de extrema importância para a Natura e Tododia, que a marca lança junto à compositora e cantora a canção “Pode me Perdoar”. O lançamento faz parte da comunicação de Tododia, com destaque à fragrância mais vendida da linha, Cereja e Avelã. 

A inspiração de Tássia Reis veio de sua própria vivência. “Demorei para entender que precisava me perdoar. Eu sou uma pessoa muito exigente com tudo, principalmente comigo. Mas em algum momento essa cobrança não se torna sadia e é preciso reconhecer quando isso acontece”, afirma Tássia Reis. “Acredito que é um processo, ainda estou trabalhando nisso, agora tenho consciência dessa questão e quero ficar bem comigo mesma”, complementa. 

Assinada pela Africa, a comunicação segue o conceito “Você de bem com o seu corpo” e procura incentivar as mulheres a fazerem as pazes com seu corpo, praticando mais compaixão e amor por ele. Por se tratar de uma relação que é mantida ao longo de toda a vida, ela pode naturalmente variar entre fases boas e ruins, tanto de aceitação quanto negação. Na campanha, Natura Tododia convida as mulheres a exercitarem esse olhar mais flexível e gentil, de compreensão sobre as diferentes fases deste complexo relacionamento.

“Buscamos sempre trazer visões diferentes sobre a questão da relação da mulher com o corpo. Nesta campanha, decidimos sensibilizar através da música, porque nós acreditamos em sua força de mobilização e transformação social”, explica Andrea Alvares, vice-presidente de Marketing, Inovação e Sustentabilidade da Natura.

“Já existem milhares de músicas sobre relacionamentos apaixonados, abusivos, perdão e reconciliação, mas não existem músicas sobre essa relação única, duradoura, mas muitas vezes abusiva, que as mulheres mantêm com o corpo ao longo de suas vidas”, comenta Sophie Schonburg, ECD da Africa. “Na maioria das vezes falamos coisas negativas para nosso corpo, coisas que não falaríamos para ninguém além de nós mesmas. Decidimos trazer uma nova abordagem, em um formato que ainda não explora o tema. Com uma uma faixa leve e alto-astral, procuramos mostrar que essa relação com o corpo pode ser sempre mais gentil e cuidadosa”, finaliza Schonburg.

A comunicação reforça o posicionamento da marca, que na última campanha se inspirou na ação revigorante da linha de verão “Folhas de Limão e Graviola”, convidado as mulheres a fazerem um detox inovador para mudar o corpo, o detox do próprio olhar.