Painel inédito de Jenner Augusto da Silveira é restaurado e pode ser visto na Casa Cor Bahia 2019

CULTURA

A tarde deste domingo, 20, foi de emoção e festa. Familiares do pintor modernista Jenner Augusto da Silveira viram, pela primeira vez, um painel do artista que foi restaurado e está exposto na Casa Cor Bahia 2019.

A obra, chamada “A Ferrovia”, data de 1958 e foi feita sob encomenda para a Estação Ferroviária de Feira de Santana. O painel foi encontrado pelo diretor da Casa Cor Bahia, Carlos Amorim, no galpão da inventariança da extinta Rede Ferroviária Federal, ao lado da estação da Calçada, em Salvador.

“Esse painel não é visto desde a década de 70. Restaurá-lo e reapresentá-lo a sociedade baiana é uma honra para a Casa Cor Bahia. É uma homenagem que prestamos a família deste grande artista e um presente para os baianos”, comenta Amorim.

A obra está sob a guarda do Instuto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), que estava presente a cerimônia na figura de seu diretor Bruno Tavares.

“Estamos felizes, pois guardar a memória imaterial brasileira é um dos pilares do Iphan”, explica Tavares.

O trabalho de restauro ficou a cargo do Studio Argolo, sob o comando do restaurador e professor José Dirson Argolo e sua equipe.

“Esse é um painel de óleo sobre Eucatex, dividido em seis módulos. É uma joia do modernismo baiano. Jenner foi um dos pioneiros da arte moderna na Bahia e em Sergipe. Juntou-se a nomes como Mário Cravo, Genaro de Carvalho, Ligia Sampaio e Carlos Bastos que tiraram a Bahia do marasmo artístico que vivíamos desde o inicio do seculo XX.

“Não conhecia a obra e estou encantado. É o melhor painel que já vi na Bahia. Essa obra nunca teve tantos padrinhos maravilhosos como agora. Casa Cor, Iphan e José Dirson nos emocionaram com esse trabalho, afirmou Guel Silveira, filho do artista.

Quem quiser conhecer a obra pode vê-la no espaço Arena do Conhecimento, com projeto do arquiteto Ruy Espinheira. Neste espaço, em parceria com a Ademi Bahia, a Casa Cor realizará encontros, talks e eventos para a troca de conhecimento.

A Casa Cor Bahia abre as portas a partir do dia 22 de outubro, das terças as sextas, das 16h às 22h. Sábados e feriados das 15h às 22h, e domingos das 15h às 21h. A mostra segue até o dia 08 de dezembro, na Rua Estácio Gonzaga, 210, Horto Florestal.

 

Fotos: Valter Andrade/ Divulgação