Percussão de Amanda Santiago agitou início da noite da virada

MÚSICA

Flores para saudar a noite de virada de ano. Foi assim que Amanda Santiago e seus músicos subiram ao palco no quarto dia de Festival Virada Salvador, caracterizados com arranjos florais. Vestida de vermelho, em referência à Iansã, um dos orixás que irão reger 2018, ela cantou canções próprias e sucessos de grupos como a Timbalada, que abriu as portas para o início da carreira da cantora.

Ao canta “Feliz de Verdade”, integrantes dos blocos afro Malê Debalê, Filhos de Gandhy, Muzenza, Cortejo Afro e Ilê Aiyê subiram ao palco e mostraram todo o gingado da cultura afro-brasileira. “Que felicidade em estar aqui. Tem que dar o melhor, porque tudo que for feito hoje será o último do ano”, disse para o público admirado com o espetáculo.

Filha de músico, ex-integrante da Timbalada e afilhada de Carlinhos Brown, Amanda Santiago fez sucesso na carreira solo, em 2016, com a Batucada Brasilady, que traz um pouco do ritmo dos Novos Baianos, Secos e Molhados, Tribalista, aliado à percussão que é marca do seu estilo musical. Amanda traz hoje uma mistura de canções de sucesso com batidas agitadas, como “Alegria, Alegria”, de Caetano Veloso, O “Canto da Cidade”, de Daniela Mercury, “Água Mineral” e “Toque de Timbaleiro”, ambas da Timbalada.

Fotos: Divulgação/ Pref.Salvador

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *