Reza Forte: Saulo e Luciano Calazans realizam novo encontro

SHOW

Após o sucesso da estreia no mês de agosto. Saulo e Luciano Calazans decidiram realizar novamente o encontro que propõe ao público uma experiência de imersão numa atmosfera de paz naquilo que os uniu: a música. Em duas apresentações, nos dias 12 e 13 de setembro, às 20h30, os artistas vão expressar suas orações, por assim dizer, em canto uníssono.

“Após nossa primeira Reza eu não consegui me desligar por alguns dias. Flashes vinham o tempo todo à mente. Uma experiência muito forte e verdadeira”, conta Saulo se referindo à estreia.

O show é uma proposta extraordinária.  No palco instrumentos de percussão, cordas e teclas, um cenário feito de origami, assinado pela artista Sayuti Miura, remete a imagem de uma vela acesa, luzes cênicas completam o brilho dos artistas que entoam um repertório recheado de canções que estão relacionadas ao tema. Algumas músicas de Ronaldo Bastos, outras compostas pelos três em um encontro realizado no Rio de Janeiro, em Ipanema, na casa de Ronald, incluindo “Reza Forte”, que dá nome ao show. Outras com parceiros, como Beto Guedes, Gilberto Gil, Gerônimo (em Lábios Vermelho, parceria dele e Luciano gravada por Saulo em seu último álbum – o “Azul e o Sol”), Luiz Gonzaga entre outros grandes compositores também são lembrados durante o show.  

“Involuntariamente seguimos um padrão de um culto, mas não estamos pregando nada além de uma proposta coletiva, que está tudo dentro do que acreditamos e temos em comum, a música como uma deusa”, explica Luciano.

Os grandes amigos apresentam seu novo encontro musical. Sem cunho religioso, eles propõem uma prece em sons. Os ingressos para o show estão à venda na bilheteria do teatro SESC Casa do Comércio e no sitewww.ingressorapido.com.br , os valores de R$80 a R$20.

 

Serviço:

Reza Forte – Saulo e Luciano Calazans

Quando: 12 e 13 de setembro de 2018

Horário: 20h30

Local: Teatro SESC Casa do Comércio

Valor: R$ 80 a R$ 20

Vendas: www.ingressorapido.com.br  ou na bilheteria do teatro.

Foto: Felipe Oliveira/Divulgação