Banda do Rio Vermelho dá início ao Test Drive de percussão para mulheres

Após realizar shows que agradaram o grande público no verão, a Banda do Rio Vermelho lança a oficina de percussão exclusiva para mulheres, já prevista desde a apresentação inicial do projeto, idealizado pelo músico e produtor artístico Jonga Cunha, em parceria com a produtora Cidade da Música. Mulheres com e sem qualquer iniciação musical serão orientadas por percussionistas das melhores bandas de Salvador. As aulas, que vão acontecer no Shopping Barra, já tem data para começar. A partir de 28 de abril (sábado), a BRV começa com o chamado Test Drive de percussão para mulheres, com quatro turmas, cada uma podendo ter até 10 alunas. Todas vão aprender a tocar instrumentos de percussão e as seis que mais se destacarem durante as aulas serão convidadas para o próximo show da Banda do Rio Vermelho, que é um projeto livre, porém organizado e divertido. As alunas em destaque também serão encaminhadas para cursos mais avançados.

Além de achar lindo uma mulher tocando percussão, Jonga reconhece que há uma quantidade pequena no mercado. E para tentar mudar esse quadro no cenário musical da Bahia, a BRV começa com a oficina, que promete animar a mulherada na capital baiana. Cada aula terá duração de 1h e o investimento é de R$ 70/aula. As inscrições devem ser feitas através do site: www.bandadoriovermelho.com.br ou através dos números: 71 3023.0606 | 71 9 9978.6006.

Serviço:

Test Drive de percussão para mulheres

Quando: Sempre aos sábados, a partir de 28 de abril de 2018

Onde: Shopping Barra

Horários: Turma 01 – das 14h às 15h/ Turma 02 – das 15h às 16h/ Turma 03 – das 16h  às 17h e Turma 04 – das 17h às 18h

Quanto: R$ 70,00

Como fazer: Inscrições no site WWW.bandadoriovermelho.com.br/ 71 3023.0606 | 71 9 9978.6006

Foto: Sércio Freitas

Banda do Rio Vermelho chega para fazer a festa do rádio

O projeto Banda do Rio Vermelho, idealizado pelo músico e produtor artístico Jonga Cunha, em parceria com a produtora Cidade da Música, apresenta uma proposta diferenciada e criativa no cenário cultural da Bahia. A ideia da BRV é evidenciar em suas apresentações a música da Bahia e do Brasil, com um verdadeiro mix de sucessos. Além de ser uma banda que não destacará artistas específicos e fixos, a BRV atuará a partir do primeiro semestre deste ano como uma oficina percussiva. A intenção é ensinar mulheres com e sem qualquer iniciação musical a tocar instrumentos de percussão. A princípio, seis delas serão convidadas a participar da BRV. “Acho lindo mulher tocando percussão e ainda tem uma quantidade pequena no mercado”, afirma Jonga. A oficina vai acontecer em shoppings da cidade.

O primeiro show da BRV será no dia 11 de janeiro, em frente à Igreja Bonfim, a partir das 13h. Na semana seguinte, dia 19, o Grupo tem mais uma apresentação marcada na capital baiana. Dessa vez será durante uma festa à fantasia aberta ao público, que acontecerá de forma inédita no bairro do Rio Vermelho, às 18h30. As duas apresentações serão gratuitas. No repertório, hits de artistas como Lulu Santos, Ivete Sangalo e Ana Carolina. Fazendo uma reverência às canções que ganham destaque nas rádios do País e que agradam todos os tipos de público.

A Banda do Rio Vermelho é um projeto livre, porém organizado e divertido. E a ideia é levar a música sem rótulos para todos os cantos do País com um time de músicos, que propositalmente não será fixo, sempre ensaiado e disposto a trabalhar com a alegria. Na BRV o artista principal é a música brasileira.

Foto: Divulgação