Bell Marques encontra Luan Santana no Tamandaré Fest

Um dos principais nomes do Tamandaré Fest no sábado (13), Bell Marques comandou uma multidão no Pernambuco, na Praia de Tamandaré, a pouco mais de 100 km da capital Recife. O cantor apresentou, no maior evento do Verão pernambucano, um repertório cheio de sucessos, clássicos de sua carreira e novidades, antecipando o clima de Carnaval, cada vez mais próximo.

Nos bastidores, o baiano bateu um papo com Luan Santana, que tocaria logo depois, e desejou-lhe um bom show. “O Tamandaré Fest é um evento de grande dimensão, um verdadeiro termômetro para o Carnaval de Salvador. Foi um show lindo, super especial! E é sempre um prazer, nestes grandes festivais, se bater com nossos colegas de estrada, como Luan Santana, e desejar coisas boas”, disse Bell.

Fotos: Divulgação

Bell Marques lota Bahia Marina com o Bonfim de Tarde

“Quem tem fé vai a pé”, já diz o ditado! E foi o que muitos baianos e turistas fizeram, na quinta-feira (11). Após chegarem à Colina Sagrada, o destino foi a Bahia Marina, onde aconteceu o Bonfim de Tarde, comandado por Bell Marques. O cantor, conhecido como “rei das multidões”, mostrou porque assim é chamado e animou, por três horas, o público. No repertório, grandes sucessos da carreira de quase 40 anos.

A Bahia Marina, lotada, sentiu o clima de Carnaval, que já é forte em Salvador. Do público, só elogios ao evento, que se consagra e se firma no calendário do Verão baiano como uma das melhores opções em serviço e estrutura.

“Estou super feliz com essa edição do Bonfim de Tarde, que foi, sem dúvida, a melhor de todas. Fizemos uma festa linda demais, com uma super estrutura pro público”, celebrou o cantor, que será o único artista a tocar todos os dias de Carnaval. “Já estamos em festa. O Carnaval é logo ali e fizemos uma prévia muito bonita. O público já está no clima”, contou.

Fotos: Divulgação

Bell Marques comanda Bonfim de Tarde com show “Só As Antigas” nesta quinta (11)

Unindo o útil ao agradável, Bell Marques atende aos pedidos dos fãs e traz a Salvador, mais uma vez, o show Só As Antigas, relembrando sua carreira cheia de hits. O encontro acontece no auge do Verão baiano, nesta quinta-feira, 11 de janeiro, dentro das celebrações em torno da Lavagem do Senhor do Bonfim, no evento Bonfim de Tarde, na Bahia Marina, a partir das 16h.

O cantor promete 3 horas de show e de muita história, num dia que tem um sabor especial para os baianos e com o lindo cenário da Baía de Todos os Santos ao fundo. Os últimos ingressos estão à venda na Central do Carnaval e o público poderá escolher entre três espaços: Espaço VIP, Espaço Premium e Backstage.

BACKSTAGE – O projeto JetLag, composto pelos DJs Paulo Velloso e Thiago Mansur, promete surpreender o público que adquirir o ingresso para curtir o Bonfim de Tarde do Backstage, com três lotes esgotados. Aqueles que curtirem o show do espaço terão o prazer de estender a festa mais um pouco com uma apresentação exclusiva da dupla, que tem passagem por grandes festivais, como o Tomorrowland.

SERVIÇO:

Bonfim de Tarde com Bell Marques

11 de janeiro de 2018, 18h

Bahia Marina, Comércio

Ingressos: R$ 180/R$ ​3​60 (Espaço VIP), R$ ​23​0/R$ ​460 (Espaço Premium) e R$ ​400​/R$ ​800​ (Backstage)

Vendas: Central do Carnaval

Bell Marques promete surpresa em show histórico no TCA

No próximo dia 18, às 21h,vai acontecer no palco principal do Teatro Castro Alves o show de Bell Marques em homenagem ao aniversário de 40 anos do Bloco Camaleão. Através de uma parceria com as Voluntárias Sociais da Bahia, a renda da espetáculo será revertida para o Hospital Aristides Maltez, maior referência do Norte/Nordeste no combate e prevenção ao câncer. Os ingressos já estão à venda na bilheteria do Teatro Castro Alves, nos SACs do Shopping Barra e do Shopping Bela Vista ou pelo site Ingresso Rápido, com preços que variam entre R$ 100 e R$ 800.

O valor arrecadado será utilizado na construção de uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) com dez leitos, duplicando o número atual. “Para esse show especial, convidei o amigo Jarbas Bittencourt, que, além de cantor e compositor, vem realizando um lindo trabalho, dentro e fora do Brasil, como diretor musical. Com ele, vou contar um pouco da história do Camaleão, da minha relação com o bloco, de forma muito mágica, não só através do repertório, mas de intervenções que são grandes surpresas e não posso contar muito”, adianta Bell Marques.

De acordo com Bell, o show, além de ajudar o Hospital Aristides Maltez, será uma grande viagem pela sua trajetória profissional e pela história do Carnaval. “São 40 anos nas ruas de Salvador, levando um pouco da nossa festa para o resto do Brasil e do mundo. Quem ama Carnaval, quem já curtiu muito e quer matar a saudade, para meus fãs e os apaixonados pela nossa história de folia, todos vão se emocionar comigo nesse espetáculo especial”, conta o artista.

SERVIÇO

Bell Marques

Quando: 18 de janeiro (quinta-feira), 21h
Onde: Sala Principal do Teatro Castro Alves

Quanto: 
R$ 800 (inteira) e R$ 400 (meia), das filas A a E – cota reservada para vendas institucionais da produção
R$ 600 (inteira) e R$ 300 (meia), das filas F a J – cota reservada para vendas institucionais da produção
R$ 500 (inteira) e R$ 250 (meia), das filas K a P
R$ 400 (inteira) e R$ 200 (meia), das filas Q a Z
R$ 200 (inteira) e R$ 100 (meia), das filas Z1 a Z11

Foto: Divulgação

Bell Marques celebra consolidação da carreira solo no Festival Virada Salvador

Quatro anos após anunciar saída do Chiclete com Banana, Bell Marques diz que não tem do que reclamar. Pouco antes de subir ao palco da Arena Daniela Mercury, no quarto do dia do Festival Virada Salvador, no domingo (31), o cantor disse esperar para o próximo o ano as mesmas conquistas alcançadas em 2017.

“Este ano que acaba foi um marco de separação, onde as pessoas começaram a entender que minha carreira solo havia deslanchado. No começo, as pessoas tinham muitas dúvidas sobre isso, até porque os históricos de vários artistas, que saíram de outras bandas, não conseguiram ter sucesso”, comemorou.

Antes de embalar o público com clássicos da carreira, Bell ainda explicou que sua consolidação artística, fora do Chiclete, grupo onde permaneceu por mais de 30 anos, foi fruto de planejamento: “Montamos uma estratégia bem bacana. Consigo manter a minha carreira do jeito que eu sempre planejei. E 2018 agora é a firmação dela, tem que ser parecido com este ano” pontuou.

Fotos: Divulgação/Secom Pref.Salvador

Camaleão vai comemorar 40 carnavais no TCA, com show de Bell e renda revertida para o Aristides Maltez

Em 2018, um dos blocos mais tradicionais do carnaval de Salvador o Camaleão, estará comemorando 40 carnavais, 40 anos de uma história inesquecível.

No dia 18 de Janeiro, a partir das 21:00, na sala principal do Teatro Castro Alves irá acontecer o “Especial Camaleão 40 Carnavais”, e ninguém melhor que Bell Marques para, através das suas canções contar e eternizar mais este momento.

Sentimento de total felicidade e sonho realizado, os idealizadores do Camaleão não veem a hora de poder comemorar isso como os camaleoninos espalhados por todo o país e porque não dizer pelo mundo não é verdade, afinal durante estes 40 anos, tudo foi pensado detalhadamente e carinhosamente para que cada desfile do camaleão fosse inesquecível e que a cada ano você pudesse se emocionar, se apaixonar e ser um camaleão de corpo, alma e coração.

E qual a melhor forma de agradecermos todo este sucesso? fazendo o bem claro, pensando nisso, toda a renda deste show comemorativo, será revertida ao Hospital Aristides Maltez para a conclusão das obras, tudo isso contando com as Voluntárias Sociais, que a todo tempo buscam sempre o melhor para aqueles que tanto precisam do nosso apoio.

SERVIÇO:

O Que: Camaleão 40 Carnavais.
Quem Canta: Bell Marques
Quando: 18 de janeiro (quinta-feira), 21h
Onde: Sala Principal do Teatro Castro Alves
Onde Comprar: Bilheteria do Teatro Castro Alves, no site www.ingressorapido.com.br ou nos Sac’s do shopping Barra e Bela Vista
Quanto: 
R$ 800 (inteira) e R$ 400 (meia), das filas A a E – cota reservada para vendas institucionais da produção
R$ 600 (inteira) e R$ 300 (meia), das filas F a J – cota reservada para vendas institucionais da produção
R$ 500 (inteira) e R$ 250 (meia), das filas K a P
R$ 400 (inteira) e R$ 200 (meia), das filas Q a Z
R$ 200 (inteira) e R$ 100 (meia), das filas Z1 a Z11

Bell Marques esgota três dias de bloco antes do início do Carnatal

Bell Marques foi, mais uma vez, o primeiro artista a ter abadás dos seus blocos no Carnatal esgotados. O evento, que acontece no Rio Grande do Norte, de quinta (7) a domingo (10), contará com quatro apresentações do cantor, três no circuito dos trios elétricos, de quinta a sábado, e uma no Camarote Skol, no sábado, após 4 horas de percurso à frente do bloco Vumbora.

Os abadás do sábado (9) estão esgotados há dois meses, superando a marca dos anos anteriores, quando o cantor também havia esgotado as camisas que dão acesso ao entorno do trio. “Estou muito feliz com mais um ano de sucesso, com mais uma marca atingida. Fico muito grato com o carinho do público de Natal e de todo o Brasil que vai nos prestigiar. Sem dúvida, já chego com energia extra”, disse o cantor, que, aos 65 anos é o artista com maior número de apresentações na festa.

Foto: Fabio Cunha

Bell Marques confirma Bonfim de Tarde com show ‘Só As Antigas’

Unindo o útil ao agradável, Bell Marques atende aos pedidos dos fãs e traz a Salvador, mais uma vez, o show Só As Antigas, relembrando sua carreira cheia de hits. O encontro acontece no auge do Verão baiano, no dia 11 de janeiro, dentro das celebrações em torno da Lavagem do Senhor do Bonfim, no evento Bonfim de Tarde, na Bahia Marina, a partir das 16h.

O cantor promete 3 horas de show e de muita história, num dia que tem um sabor especial para os baianos e com o lindo cenário da Baía de Todos os Santos ao fundo. Os ingressos serão vendidos na Central do Carnaval e o público poderá escolher entre três espaços: Espaço VIP, Espaço Premium e Backstage.

 

SERVIÇO:

Bonfim de Tarde com Bell Marques

11 de janeiro de 2018, 18h

Bahia Marina, Comércio

Ingressos: R$ 130/R$ 260 (Espaço VIP), R$ 190/R$ 380 (Espaço Premium) e R$ 250/R$ 500 (Backstage)

Vendas: Central do Carnaval

Bell Marques abre comemorações dos 40 anos do Camaleão

O Espaço das Américas, em São Paulo, virou Carnaval na noite deste domingo (12), com a abertura das celebrações em torno dos 40 Carnavais do Camaleão. Comandada por Bell Marques, a festa arrastou uma multidão de foliões – muitos com seus antigos abadás do tradicional bloco – em torno de um trio elétrico construído especialmente para o show em formato inédito.

“Se é pra fazer loucura, vamos fazer. Posso dizer que fui o primeiro artista a trazer um caminhão pra dentro do Espaço das Américas”, brincou o artista, após 3h de muita música e história.

O projeto antecipa os 40 Carnavais do Camaleão, que serão celebrados oficialmente em 2018, e vai rodar o Brasil contando a história do bloco mais tradicional do Carnaval de Salvador. “É um projeto que nasce com muita emoção e sucesso. Foi lindo e será muito bacana levar um pouco desses 40 anos pro público de todo o país”, celebrou.

Fotos: Divulgação

Bell Marques abre comemoração pelos 40 carnavais do Camaleão em São Paulo

Tão impensável quanto “TV sem novela ou arco-íris sem cor”, não se imagina o Carnaval de Salvador sem o Camaleão, Top of Mind da folia. Praticamente um patrimônio da Bahia, exportando a festa e sua cultura para o Brasil e para o mundo, o bloco é a agremiação mais premiada e completa, em 2018, 40 Carnavais! São 40 anos levando alegria e imprimindo uma marca na maior festa de rua do planeta, a maior parte deles sob o comando de Bell Marques, que foi parte determinante desse sucesso.

Para celebrar a data e o sucesso de tantos quilômetros de avenida, o músico realizará uma série de ações, que terá seu clímax, lógico, no Carnaval de 2018. O projeto Bell Marques – 40 Carnavais do Camaleão abre as comemorações ainda em 2017, antecipando o clima de festa que Bell Marques e quem o segue tanto gostam. A cidade de São Paulo foi escolhida para abrir a temporada comemorativa, no estrelado palco do Espaço das Américas, no próximo dia 12 de novembro.

“São Paulo é uma cidade que amo, como artista e como turista, onde tudo acontece, pra onde os olhos do show business estão sempre virados e acho que o Camaleão merece ter suas homenagens iniciadas num palco tão importante, que respeite sua história, que é nacional”, resume Bell Marques, reforçando que o ápice das homenagens, claro, acontecerá em Salvador, onde espera todos os seguidores: “Vai ser um Carnaval de muita emoção, muito especial pra mim e pros fãs que seguem há tantos anos o Camaleão, muitos deles com a patinha estampada em seus corpos, deixando claro que fizemos todos história juntos”.

Foto: Divulgação