Saulo e Àttooxá agitam o público na abertura do Festival de Lençóis

O axé e o pop de Saulo e o pagodão com pegada eletrônica da Àttooxxá predominaram na abertura no Festival de Lençóis. Turistas, moradores da cidade e da região da Chapada Diamantina lotaram a Praça Horácio de Matos na noite de quinta-feira – 31/05, onde também se apresentaram as atrações regionais Natália Cunha e Bateia de Renda e Ely Pinto, com tributo a Raul Seixas. Hoje (sexta – 01/06), o evento recebe a cantora Maria Rita, The Baggios, Trotta Mundo e Banda Sete Vezes, com tributo a O Rappa. O Festival de Lençóis encerra no sábado, com apresentações de Jau, Banda Zion, Banda Spectro e Família Grão de Luz e Griô.

Uma das atrações mais esperada da noite, com todo o seu carisma Saulo conquistou e contagiou o público já no início do show com a música Santa Chapada, do disco O Azul e o Sol. Foram duas horas de muito balanço com seus sucessos Não Precisa Mudar, Rua 15, Agradecer, Raiz de Todo Bem e Circulou, além do pout-pourri de hits de blocos afros.  Em seguida, a banda Àttooxxá fez a poeira subir ainda mais na praça principal da cidade. A sua leitura eletrônica do pagode deixou o público totalmente contagiado com os sucessos Elas Gostam (Popa da Bunda), Bota a Mão, Tem que se Jogar, Desce e Desejo Perigoso.

O Festival de Lençóis é produzido e realizado pela Pau Viola e Ecoshow, com o patrocínio do Governo do Estado da Bahia e Bahiagás e conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Lençóis e Hotel Portal Lençóis.

As projeções de vídeos do VJ Gabiru também encantaram o público, com imagens e desenhos coloridos que tomava toda a frente do palco. E se movimentavam nos ritmos da música com os temas étnicos, geométricos e a natureza da Chapada Diamantina. As manifestações culturais de Lençóis ganham destaque no festival, como o grupo Percuhitts, que se apresentou ontem, o grupo Marujada (hoje) e os tambores do Jarêanimam (amanhã).

SERVIÇO

18° FESTIVAL DE LENÇÓIS

Data: 31 de maio e 01 e 02 de junho

Atrações: Maria Rita, Saulo, Jau, Àttooxá, Banda Zion, Família Grão de Luz e Griô, Natália Cunha e Bateia de Renda, Banda Spectro, Banda Sete Vezes, The Baggios, Trotta Mundo e Ely Pinto   

Hora: a partir das 19h30

Onde: Lençóis – Chapada  Diamantina – Bahia

Entrada franca

Fotos: Thiago Del Rey

Evento marca lançamento da novela ‘Segundo Sol’ no Teatro Castro Alves

O maior teatro de Salvador, o TCA, se tornou palco de um grandioso evento na noite desta segunda-feira (14/05). É que o Teatro Castro Alves abriu as portas para o lançamento da nova trama da Globo, a novela Segundo Sol. O evento que reuniu quase 2 mil pessoas, contou com a presença do staff da TV Bahia, cantores, influenciadores digitais, cineastas, professores, bem como o público geral que foi brindado mais uma vez com a oportunidade de participar dos eventos voltados para lançamento de novela realizados pela TV Bahia.

A abertura do evento foi marcada por uma exposição fotográfica, em homenagem ao carnaval da Bahia, com fotos de Osmar Gama e do acervo do jornal Correio. Quem conferiu a exposição também foi presenteado com o cheiro e os sabores da terra. Com um coquetel regado a comidas típicas da região, foi impossível o público não se deliciar com os famosos quitutes (acarajé, abará e cocada), que estão no tabuleiro de toda baiana.

 

O show

Ambientada na Bahia, a novela conta a história de um cantor de Axé music. A musicalidade baiana foi representada pelos convidados Luiz Caldas, Olodum, Margareth Menezes, Saulo e Filhos de Gandhy, que embalaram o público com um repertório temperado com muita alegria, axé e dendê.

De azul e branco, representando o orixá Oxalá, o tradicional bloco de afoxé Filhos de Gandhy subiu ao palco entoando cânticos de reverência a história da Bahia e respeito à religião de matriz africana. Para Altamiro Alves, um dos diretores do bloco, a novela vai mostrar a cultura do estado, valorizar os baianos e a nossa forma de receber e abraçar. “É também uma valorização da cultura afro, que está em efervescência. Ao dar uma mostra dessa cultura, quebra um pouco a intolerância, abre um pouco a mente das pessoas”, afirma.  

Em seguida, quem subiu ao palco foram os irmãos Macêdo. Símbolos da história do carnaval da Bahia, da criação do trio elétrico e da guitarra baiana, Armandinho, Aroldo, André e Beto Macedo apresentaram músicas que se transformaram em verdadeiros hinos da cultura baiana. Para André Macedo, novela na Bahia sempre é um sucesso. “É muito bom mostrar a Bahia e divulgá-la para o restante do país. Esse movimento tem a ver com a cultura, a música”, explica.  

A noite continuou com a presença de Luiz Caldas, que levou para o público o clima dos antigos carnavais com homenagens à Moraes Moreira, à Caetanave e ao Tapajós. Considerado o pai do axé, ele ainda animou a plateia com seus hits consagrados como ‘Magia’ e ‘É tão bom’.

“A novela fala sobre axé music, minha criação. Todas as vezes que a dramaturgia se uniu à Bahia, ao Nordeste em geral, foi sucesso. Tanto com as criações de Jorge Amado, Ariano Suassuna e outros que trouxeram esse universo que é bem diferente. Fico muito feliz em estar aqui com meus colegas, que contribuíram para ajudar a axé music chegar ao ponto em que chegou. Aqui a gente também está mostrando de uma forma cronológica, todo o movimento, a sonoridade do carnaval”, declarou Luiz Caldas, o pai do axé.

O primeiro bloco afro do país, Ilê Aiyê, não apenas marcou presença no espetáculo como também teve suas canções selecionadas para a trilha sonora da novela. As músicas ‘Um Canto de Afoxé para o Bloco Ilê Aiyê’ e ‘O Mais Belo dos Belos’ compõem o disco nas vozes de Moreno Veloso e Alcione, respectivamente. Para o mestre Mário Pam, do Ilê Aiyê, é muito  importante estar no evento representando a Bahia. “Somos precursores desse movimento da música baiana. O axé music, o samba reggae, tudo começa de certa forma com o Ilê Ayê. Existem outras expressões do Carnaval, como os Irmãos Macedo, com o advento do trio elétrico, os grupos que faziam apresentações de samba. O Ilê Ayê é parte disso, então ficamos orgulhosos de fazer parte desse contexto, levando uma música de qualidade e forte”, ressalta.

“Essa novela traz a Bahia de volta ao cenário nacional, numa posição de horário nobre, que é inquestionável o valor disso. Espero que no percurso seja retratada a verdade da Bahia como ela é”, declarou Márcia Short, que subiu ao palco junto com o Ilê.

As músicas ‘Eu sou Negão e ‘É Doxum’, deram sequência à apresentação na voz de Gerônimo, conhecido por representar a Bahia com as sonoridades das identidades do sincretismo, dos ritmos de matriz africana e também sua marca, a latinidade. Gerônimo afirma que “uma grande força está sendo gerada entre a Rede Globo e os artistas baianos, fazendo com que a música baiana volte a ter representação no estado”, defende.

O Samba Reggae e Neguinho do Samba estiveram presentes através da homenagem prestada pelo Olodum juntamente com a participação de Margareth Menezes. Para o cantor do Olodum, Lazinho, estar nesse evento é um orgulho. “Não é todo dia que temos um lançamento de novela cujo foco é a Bahia, retratando o nosso estado para o Brasil. Representa também um resgate de uma coisa que estava esquecida e pode ser fortalecida – o Axé! É representatividade para a Bahia”, declara. Margareth Menezes também compartilha desse orgulho. “A novela fala sobre a nossa terra e participar levando a música que a gente faz aqui é muito importante, especialmente porque é uma novela que tem dimensão nacional e internacional também”.

O show continuou com cantores timbaleiros que entraram em cena com todo o ritmo e energia. “É uma honra estar participando do evento, até porque o nosso mestre maior, que é Carlinhos Brown, tem uma música na novela. A trilha sonora valoriza o som que produzimos aqui e nos referencia em qualquer lugar que tocamos”, destaca Flávio Sá, produtor da Timbalada.

A série de apresentações foi encerrada com a chegada de Saulo, que cantou ‘Raiz de Todo Bem’ e, em seguida, convocou todos os artistas a retornarem ao palco para entoar a canção ‘Muito Obrigado Axé’. “Minhas fontes são justamente as pessoas que estão aqui esta noite, Gerônimo, Olodum, Ilê, então quando me vejo ao redor deles me sinto pequeno e ao mesmo tempo muito honrado”. Saulo revelou ainda que está na torcida pelo ator Emílio Dantas, que teve imersão com ele para interpretar o cantor Beto Falcão na trama. “Vou querer dar uma acompanhada na novela de vez em quando. Sou baiano besta. Se fala da Bahia eu fico feliz”, completa.

Fotos: Divulgação

Em dia chuvoso, Saulo lota a Concha Acústica com show de encerramento da turnê ‘O Azul e o Sol’

Após passar pelas principais capitais do país, o cantor Saulo Fernandes se apresentou na Concha Acústica do Teatro Castro Alves, na noite deste sábado (5), em Salvador, durante o show de encerramento da turnê “O Azul e o Sol”, que batiza também o terceiro disco solo do artista.

Apesar da chuva, o público lotou a Concha. Além de apresentar as músicas do último trabalho, Saulo cantou também grandes sucessos já consagrados de sua carreira, onde incluiu ainda os clássicos do carnaval baiano, levando o público ao delírio. Os cantores Durval Lelys e Carla Cristina foram os convidados e dividiram o palco com Saulo.

Assista:

O destaque do show, foi o momento em que o artista recebeu um fã com deficiência auditiva no meio da apresentação. 

Confira:

Festival de Lençóis vai reunir Saulo,Maria Rita,Jau e Attooxxá

A música será a trilha da diversão e da alegria na principal cidade da Chapada Diamantina. Um dos principais eventos do interior da Bahia, o Festival de Lençóis volta a reunir artistas consagrados e da região, de 31 de maio a 02 de junho, na Praça Horácio de Mattos, em Lençóis. Nesta 19ª edição, a programação musical será aberta, na quinta-feira, com shows de Saulo eÀTTØØXXÁ, prosseguindo com Maria Rita na sexta-feira e encerrando com show de Jau no sábado. A entrada é franca.

Durante os três dias de evento, o palco principal também vai receber as bandas Spectro (Tributo a Pink Floyd), The Baggios, além de atrações locais como Zion, Trotta Mundo, Família Grão de Luz e Griô, Ely Pinto (Tributo a Raul Seixas), Natália Cunha e Bateia de Renda e Banda Sete Vezes(Tributo ao O Rappa). O palco será montado entre os casarios históricos naPraça Horácio de Mattos, no Centro da cidade.

O Festival de Lençóis é produzido e realizado pela Pau Viola Cultura e Entretenimento, com o patrocínio do Governo do Estado da Bahia, através da Bahiatursa, e apoio da Prefeitura Municipal de Lençóis.

Foto: Montagem/Divulgação

 

Com Concha Acústica cheia, Dorgival Dantas grava DVD e recebe convidados especiais

O cantor, compositor, instrumentista e produtor musical Dorgival Dantas gravou o seu novo DVD “Minha música nossa história” na noite desta terça-feira (1), na Concha Acústica do Teatro Castro Alves, em Salvador.

O forrozeiro iniciou o show de gravação com a canção ‘Destá’, arrancando gritos do público presente.

O primeiro convidado foi o cantor Léo Santana, seguido por Gabriel Diniz, Flávio José, Elba Ramalho, Fagner, Xand Avião, Gusttavo Lima, Thiaguinho e Saulo. Todos ovacionados pelo público.

O destaque foi a participação do sertanejo Gusttavo Lima. Apesar da falha técnica em seu microfone, ele continuou cantando com o de Dorgival e não interrompeu a canção. A plateia foi à loucura e com gritos aplaudiram e cantaram o sucesso do artista ‘Apelido Carinhoso’.

Confira:

No repertório, o poeta apresentou músicas inéditas, além dos grandes sucessos que marcaram sua carreira. Já o cenário teve 40m/2 de Led em formato de fole de sanfona, sob a supervisão do diretor Anselmo Trancoso e direção geral de André Dantas.

Fotos: Fred Pontes

São João: Saulo e Targino Gondim completam grade do Forró do Boulevard

O Forró do Boulevard confirma mais duas últimas atrações do evento que será realizado dia 17 de junho, no estacionamento do Boulevard Shopping Camaçari. Além da banda Calcinha Preta, os cantores Saulo e Targino Gondim se juntam a grade da festa que proporcionará um universo de sensações para o público.

Apesar de possuírem estilos musicais diferentes, Saulo e Targino Gondim prometem transformar o espaço em um verdadeiro arrasta-pé com muita animação. Os ingressos para o evento previsto para começar às 13h, estão sendo vendidos no Mais Ingressos, no balcão Chico’s Tour, localizado no Shopping Riviera, na Ótica Sim, Centro de Dias D’Ávila  ou  pelo site: https://ingressos.safeticket.com.br.

 

Serviço:

O que: Forró do Boulevard

Onde: Boulevard Shopping Camaçari

Quando: 17 de junho

Valores: 

▪R$ 45,00 Pista (individual);

▪R$ 80,00 Casadinha Pista;

▪R$ 80,00 Camarote Front Stage;

▪R$ 140,00 Lounge Premium Open Bar.

*Valores válidos para compras à vista e em espécie, nos balcões anunciados aqui.

Saulo encerra turnê ‘O Azul e o Sol’ em Salvador

Álbum de textos, livro de música. Assim se apresenta o terceiro disco de Saulo, “O Azul e o Sol”, que batiza também a turnê do cantor. Após passar pelas principais capitais do país, a turnê chega a Salvador para o encerramento do projeto, no dia 5 de maio, a partir das 16h30, na Concha Acústica do Teatro Castro Alves.

Além de apresentar as músicas do último trabalho, o artista interpretará também grandes sucessos de sua carreira, incluindo os clássicos do carnaval baiano.  Para traduzir o conceito minimalista do disco, Saulo convidou o renomado diretor paulista Carlos Pazetto para assinar a direção criativa de “O Azul e o Sol”.

Como resultado, um show com poucos estímulos visuais, para que o público volte sua atenção à palavra e à poesia do artista.

Os ingressos já estão à venda e podem ser adquiridos no site www.ingressorapido.com.br, nos SAC´s dos Shoppings Barra e Bela Vista, e na bilheteria do Teatro Castro Alves.

 

SERVIÇO:

O QUÊ: Saulo – Turnê O Azul e o Sol

QUANDO: Sábado, 5 de maio, a partir das 16h30

ONDE: Concha Acústica do Teatro Castro Alves

VALOR (Primeiro lote): R$ 30 pista – meia / R$ 60 pista – inteira / R$ 60 camarote – meia / R$ 120 camarote – inteira

Dorgival Dantas anuncia Saulo para o Dvd e últimos ingressos a venda

O poeta Dorgival Dantas acaba de anunciar Saulo, a última atração da gravação do seu DVD intitulado “Minha Música, Nossa História” que será gravado dia 1 de Maio na Concha Acústica do Teatro Castro Alves, em Salvador.

Outros cantores também farão parte da gravação: Fagner, Elba Ramalho, Gusttavo Lima, Thiaguinho, Flávio José, Léo Santana, Gabriel Diniz e Xand Avião.

No repertório, Dorgival promete músicas inéditas, além dos grandes sucessos que marcaram sua carreira.

Serviço:

O Que: Gravação do Dvd de Dorgival Dantas
Onde: Concha Acústica do Teatro Castro Alves
Quando: Terça, 1 de Maio (Feriado)
Convidados: Gusttavo Lima, Fagner, Thiaguinho, Léo Santana, Xand Avião, Gabriel Diniz, Elba Ramalho, Flavio José e Saulo
Vendas: Sac’s do Shopping Barra e Bela Vista, no TCA ou através do site: www.ingressorapido.com.br
Valores: Plateia – R$ 50,00 (meia) e R$ 100,00 (inteira) e Camarote – R$ 100,00 (meia) e R$ 200,00 (inteira).

 

 

 

Foto: Reprodução/Internet

André Kot e Saulo em dia de Axé no Rio

Um dos padrinhos do Axé no Rio de Janeiro, o médico e empresário André Kot esteve presente no domingo (8), em evento que contou com shows de Saulo Fernandes e Bloco Vira Lata no Museu de Arte Moderna – Rio de Janeiro.

O empresário e produtor de eventos, idealizador do Churraskot que em sua última edição levou milhares de convidados para a Marina da Glória, foi o promoter responsável pelo Camarote Grande Rio na Sapucaí nesse Carnaval e Rio Dream Weekend no último Réveillon.

– Não adianta, meu gênero musical favorito é o Axé, amo o Carnaval de Salvador e sempre que puder vou trazer o ritmo para a cidade maravilhosa – conta o empresário.

Fotos: Fred Pontes

Pipoca de Saulo arrasta milhares de foliões no Carnaval

A pipoca de Saulo arrasta uma multidão neste domingo (11) de Carnaval, no circuito Osmar (Campo Grande), produzindo cenas que lembram os antigos carnavais na Praça Castro Alves. Como manda a tradição, o cantor comandou a abertura do corredor humano e a roda abrindo espaço para as já conhecidas coreografias. 

Saulo desfilou agradecendo pelo aos foliões pela receptividade e pelo Carnaval sem cordas. No trip, recebeu como convidadas Anaviotia, a dupla que conquistou o Brasil e recentemente gravou um EP com canções do axé. Um momento de romantismo  para os foliões.
Fotos: Sérgio Pedreira e Agência Fred Pontes